Aderindo ao softaware livre

200px-Opensource.svg Brasillinux-penguingnuy

Resolvi escrever esse post com o intuito de compartilhar o que vem se tornando motivo de estudo e escolha nessa ultima semana.
Quando comprei meu computador portátil com ele veio instalado o Windows 7 (starter edition), que para quem não conhece, é uma versão do 7 que nem a imagem da área de trabalho pode ser alterada. Bom, se para algo simples como isso não se tem liberdade quanto mais para as outras coisas mais complexas; isso foi me deixando cada dia mais insatisfeita. E foi aí que meu companheiro Marcus, instalou o ubuntu studio, e a partir desse momento recordei que já havia experimentado o ubuntu por uns seis meses, antes do meu computador antigo resolver dar pau. Com isso, só foi crescendo a vontade de conhecer mais sobre software livre e o universo que ele propicia. Já tens alguns dias que instalei o Ubuntu 12.10 e estou muito satisfeita com a liberdade de criar dentro desse sistema operacional. Compreender como funciona o seu computador e aproveitar o máximo de suas potencialidades além de ser fabuloso é um ato político. Mas vou instalar o Ubuntu 12.04 LTS (Long Term Support), que tem uma duração de 3 anos de suporte, enquanto que as outras versões duram 1, 5 ano, e as versões LTS são mais estáveis também. Estou buscando experimentar as versões de teste do Debian, Kubuntu, Xubuntu, Kurumin, para ver qual é mais a minha cara, mas por enquanto estou bem satisfeita com o Ubuntu.